Pesquisar

EXERCICIO DESENVOLVIMENTO MOTOR

QUESTÃO 01) O processo de aprendizagem de habilidades motoras é carac­terizado por atravessar estágios, onde fatores tais como quantida­de e qualidade de erros cometidos, consistência de desempenho, automatização dos componentes da habilidade e capacidade de detec­tar e corrigir os próprios erros, se alteram desde o estágio cog­nitivo até o estágio autônomo de aprendizagem. Como as caracterís­ticas comportamentais se alteram, o estágio em que o aprendiz se encontra pode ser inferido pela observação de suas respostas moto­ras, informação muito útil não apenas para avaliação do desempenho dos alunos, mas também para a regulação de importantes variáveis de ensino, tais como instrução, complexidade das tarefas e conhe­cimento de resultados.
Disponível em https://periodicos.ufsm.br/kinesis/article/view/8504 . Acesso em 30 de outubro de 2017.

I.              Dentro do processo inicial da aprendizagem motora, a atenção do indivíduo é de pouca necessidade para compor o quadro de esforço cognitivo em atividades físicas.

PORQUE

II.            Supõe-se que ao chegar ao estágio final da aprendizagem, as habilidades são executadas de forma automática.
Com base nas afirmações descritas acima marque a alternativa correta.
A)   A primeira afirmação é verdadeira e segunda falsa.
B)   A primeira afirmação é falsa e a segunda verdadeira.
C)   As duas afirmações são verdadeiras e uma complementa a outra.
D)   As duas afirmações são verdadeiras, porém, elas não se relacionam.
E)   As duas afirmações são falsas.

Questão 02) O tempo de reação compreende aquele tempo que procede desde a apresentação de um sinal até o início de uma reação. Alguns indivíduos podem ter atrasos ao iniciarem um movimento o que pode caracterizar uma lentidão de seu tempo de resposta. Essa lentidão está particularmente ligada à ineficiência do processamento central de informações que é refletida nos componentes do tempo de reposta.

Quanto aos estágios de processamento de informações, analise as afirmações abaixo.
I – O estágio de Identificação do estímulo é também chamado de estágio da percepção, ocorrendo à interpretação do estímulo recebido.
II - No estágio de Seleção da Resposta, o sujeito utiliza das informações adquiridas no estágio anterior e a partir daí deve decidir qual, se alguma, resposta deveria ser dada.
III – Já no estágio da Programação da Resposta, o estágio da ação, o Programa Motor é acionado e o movimento referente a ele é iniciado.

Estão corretas.
A)   I e II.
B)   I e III.
C)   II e III.
D)   I, II e III.
E)   Somente II.


Questão 03) Em uma pesquisa para avaliar a influência do efeito da idade no tempo de reação de futebolista sub 13, os participantes do estudo realizavam uma tarefa que consistia em diversos estímulos visuais e sonoros onde sempre que dois estímulos pré-determinados eram apresentados, o indivíduo deveria reagir da maneira mais rápida possível, sendo que, ao estímulo visual os participantes deveriam transportar uma bola de tênis da esquerda para a direita e ao estímulo acústico deveriam transportar a bola da direita para a esquerda.

Com base no texto acima marque a resposta correspondente ao tipo de tempo de reação, tempo de resposta ou tempo de movimento utilizado no experimento em questão.

A)           Tempo de movimento.
B)           Tempo de reação de escolha.
C)           Tempo de reação simples.
D)           Tempo de resposta.
E)           Tempo de reação de     discriminação.

Questão 04) Um elemento central ao processo de aprendizagem é a transmissão de informação acerca do conteúdo a ser ensinado. As instruções verbais e a demonstração são os meios mais frequentemente utilizados na transmissão de informação acerca da meta a ser alcançada.

Disponível em http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v12%20n2%20artigo1.pdf. Acesso em 30 de outubro de 2017.
I.              Quanto à escolha quanto à instrução verbal e demonstração deve-se levar em consideração o nível de aprendizado do aluno.

PORQUE

II.            Tendo o modelo um nível elevado, ou seja, maior status, este será capaz de transmitir informações com maior competência levando assim a maior aprendizagem.
Com base nas afirmações descritas acima marque a alternativa correta.
A)   A primeira afirmação é verdadeira e segunda falsa.
B)   A primeira afirmação é falsa e a segunda verdadeira.
C)   As duas afirmações são verdadeiras e uma complementa a outra.
D)   As duas afirmações são verdadeiras, porém, elas não se relacionam.
E)   As duas afirmações são falsas.



Questão 05) As habilidades motoras podem ser classificadas quanto a início e fim (discretas, seriadas e contínuas), previsibilidade do ambiente (mais abertas ou mais fechadas) e grupos musculares (finas e grossas) utilizados.
Observe a figura abaixo e escolha a opção de resposta referente à classificação dessa habilidade. Importante: Não considere o cavalo, mas sim o atleta.
Disponível em: www.google.com.br. Acesso em: 30 de out. de 2017.







A opção correta é:
A)   Discreta, mais aberta, fina.
B)   Seriada, mais aberta, grossa.
C)   Contínua, mais aberta, fina.
D)   Contínua, mais aberta, grossa.
E)   Discreta, mais fechada, grossa.


Questão 06) A informação de feedback é muito utilizada por professores de Educação Física no processo de aprendizagem de uma habilidade motora. O feedback é informação sobre o desempenho do aprendiz. Normalmente, os professores fornecem feedback para os aprendizes, mas estes também são capazes de perceber, por si próprio o feedback da ação.
Considere as afirmações abaixo com relação aos tipos de feedback.
I.              O feedback intrínseco é informação sensorial percebida pelo próprio indivíduo, na resposta motora.
II.            O feedback extrínseco proprioceptivo é informação sensorial originada internamente ao corpo que sinaliza a posição e o movimento do corpo e membros durante a resposta motora.
III.           O feedback extrínseco é informação sensorial fornecida por uma fonte externa.
IV.          O feedback intrínseco pode ser fornecido tanto em CR quanto em CP.
Assinale a opção que indica as afirmações corretas.
A)   I e II apenas.
B)   II e III apenas.
C)   I e III apenas.
D)   III e IV apenas.
E)   II, III e IV apenas.

Questão 07) Os alunos da disciplina “Aprendizagem e Controle Motor” ao estudar o conteúdo sobre estrutura de prática organizaram uma aula de circuito onde cada aluno deveria passar por no percurso.
Nesse circuito eram propostas que fossem executadas as seguintes tarefas respectivamente:        
1 – Chute a gol. (5 x consecutivas)             
2 – arremesso na cesta. (5 x consecutivas)
3 – condução de bola (5 x consecutivas)    
4 – bola ao alvo. (5 x consecutivas) 
Ao analisar a organização da aula pode-se afirmar que trata-se de uma estruturação de prática:
A)   Blocos.
B)   Seriada.
C)   Aleatória.
D)   Randômica.
E)   Constante.

Questão 08) A atenção exerce uma função muito importante na capacidade de retenção de informações relevantes, pois é através dela, associada aos processos de controle, que guardamos informações na memória de longa duração.

Ao orientar o aluno dizendo: “Flexione o braço”, “Preste atenção em sua perna”, as informações são referentes à atenção seletiva e foco externo respectivamente.

PORQUE

O aluno foi instruído a dirigir o foco da atenção à um ponto em particular no meio ambiente (flexione o braço) e ainda direcionar a atenção a um membro externo (perna).

Com base nas afirmações descritas acima marque a alternativa correta.
A)   A primeira afirmação é verdadeira e segunda falsa.
B)   A primeira afirmação é falsa e a segunda verdadeira.
C)   As duas afirmações são verdadeiras e uma complementa a outra.
D)   As duas afirmações são verdadeiras, porém, elas não se relacionam.
E)   As duas afirmações são falsas.

QUESTÃO 09) A correção da execução de padrões de movimento sempre foi entendida como um dos papéis do professor de educação física, especialmente no ensino do esporte e de seus fundamentos.
Sobre a correção da execução de padrões de movimento, assinale a alternativa correta.

A)   O professor não deve corrigir todas as execuções erradas.
B)   O professor deve apresentar uma correção em todas as tentativas.
C)   Aprende-se com erros. Por isso, os alunos devem ser estimulados a errar seu desempenho.
D)   A constante correção do professor auxiliará na autonomia do aluno.
E)   Quanto maior a quantidade de informação (100% de feedback), maior a aprendizagem.

QUESTÃO 10) As habilidades motoras podem ser classificadas quanto a início e fim, previsibilidade do ambiente  e grupos musculares utilizados.
Considere as afirmações abaixo com relação a classificação de habilidades motoras.
I.              As habilidades motoras com base na precisão do movimento envolvido são habilidades motoras globais e habilidades motoras finas.

II.            Habilidades motoras contínuas incluem movimentos, tais como, arremessar uma bola e apertar o pedal da embreagem de um automóvel.

III.           A habilidade saltar em uma cama elástica deve ser classificada como sendo: continua, mais aberta e grossa. 
Assinale a opção que indica a (s) afirmação (ões) correta (s).
A)   I apenas.
B)   II apenas.
C)   III apenas.
D)   I e III apenas.

E)   I, II e III.

QUESTÃO 11) De um modo geral, as capacidades motoras são características individuais e inatas, que podem ser sujeitas a um desenvolvimento, e que, em conjunto, determinam a aptidão física de um indivíduo. Referem-se a um conjunto de predisposições, pressupostos ou potencialidades individuais, nas quais assentam a realização, aprendizagem e/ou desenvolvimento de habilidades motoras.
Sabe-se que as capacidades compõem as habilidades, ou seja, as habilidades são compostas pelas capacidades. Por isso é importante que o professor/treinador saiba a distinção entre capacidade e habilidade.”
Com base no conteúdo estudado explique a afirmação acima.
Capacidade refere-se às qualidades físicas de uma pessoa, um potencial definido geneticamente, que pode ser atingido ou não. Enquanto que habilidade refere-se a uma tarefa com uma finalidade específica a ser atingida.
Por isso é importante que o professor/treinador saiba distinguir capacidade de habilidaed, com isso, o professor/treinador poderá fazer o seu plano de aula/treino baseados na capacidade individual de cada aluno.

QUESTÃO 12) A habilidade, movimento com uma meta definida, pode ser definida quanto à tarefa, mas também quanto à proficiência. Explique como uma pessoa pode possuir ao mesmo tempo a habilidade como tarefa e como proficiência.
Para uma pessoa desenvolver uma habilidade como tarefa e como proficiência ela precisa ter a capacidade de aprender e desenvolver a tarefa com proficiência. Com treinos específicos e experiência através da repetição.
QUESTÃO 13) A Aprendizagem Motora pode ser definida como “Conjunto de processos associados com a prática ou a experiência, conduzindo mudanças relativamente permanentes na capacidade para executar performance habilidosa”.

Discuta esta afirmação com base no conteúdo abordado em sala de aula.
O  fenômeno aprendizagem motora consiste na mudança interna relativamente permanente resultante da prática e do feedback. Um grande colaborador da eficiência da performance habilidosa é a prática, sendo que a aprendizagem e a experiência levam a performance relativamente sem esforço que são admirados em pessoas altamente habilidosas. Essa mudança é decorrente da melhora em processos ou mecanismos internos tais como atenção e percepção, que conduz a um aperfeiçoamento na capacidade de executar uma habilidade motora. Assim, pode se determinar que a aprendizagem motora refere-se ao processo pelo qual uma dada habilidade motora é adquirida com auxílio de instrução, feedback e prática sistemática.

QUESTÃO 15) Inúmeras são as variáveis que podem influenciar na aprendizagem motora dentre elas, destaca-se principalmente a prática aliada ao feedback. O feedback classifica-se em intrínseco e extrínseco sendo o extrínseco em forma de CP e CR.
Com base no conteúdo estudado, explique porque freqüências mais baixas de fornecimento de conhecimento de resultados (CR) são mais efetivas para a aprendizagem.
Uma menor frequência de CR leva à aquisição de capacidade para detectar os próprios erros. Quando a prática é constante ou mesmo prática variada em que apenas os parâmetros são alterados, a avaliação da resposta anterior contribui diretamente com a elaboração do plano de ação da próxima tentativa. Tentativas sem CR forçam o aprendiz a uma estratégia de processar seu próprio feedback produzido pela resposta (feedback intrínseco), utilizando essa informação em substituição ao CR. 


QUESTÕES SOBRE PERSONALIDADE

1) Explique o conceito de personalidade

Personalidade é um conjunto de características, de elementos com formatação própria, relativamente estáveis e organizadas particularmente. Ela se revela de acordo com o ambiente, aprendizado e o meio em que o indivíduo está. A personalidade é um junção de traços psicológicos com o meio.


2) O que são barreiras situacionais, interpessoais e intrapessoais?

Barreiras são as frustrações na manifestação da personalidade. Ela se divide em três principais tipos: as barreiras situacionais que podem ser de dois tipos, a barreira física e a de ambigüidade. A primeira refere-se ao certo impedimento no bem estar psicológico, quando queremos resolver algo e temos dificuldade em atingir o nosso objetivo. Por exemplo, quando ao preparar o almoço, acaba o gás. A segunda refere-se a uma ausência de indicadores claros, que impede o indivíduo de realizar um objetivo. Por exemplo, ao assistir aula, falta energia e não há possibilidade da professora concluir o conteúdo. Ressalta-se que ambas são provisórias, transitórias, ou seja, restringem naquele momento. Essas barreiras atingem os indivíduos dentro das organizações. Quando tarefas e espaço organizacional não são bem definidos, torna-se difícil a conclusão dos objetivos. Há situação de ambigüidade quando uma pessoa é punida e recompensada pelo mesmo tipo de comportamento, em condições semelhantes.


3) Como a personalidade pode manter-se relativamente estável e, ao mesmo tempo, desenvolver-se?

A personalidade de mantêm estável com o decorrer do tempo, porém ela não deixa de sofrer influências do meio ao interagir com ele. Os traços psicológicos podem se desenvolver e se modificar. A organização desses traços psicológicos pode ser afetada profundamente pelo meio em que o indivíduo habita, ao mesmo tempo pode ser favorável ao impedir que o indivíduo se ajuste. Alguns fatores que podem levar o indivíduo se desintegrar da personalidade causando um desajustamento emocional são: as frustrações, as pressões físicas ou psicológicas e o stress que o indivíduo sofre.


4) Qual a relação existente entre personalidade e meio ambiente?


A personalidade é um conjunto de traços psicológicos com propriedades particulares, relativamente permanentes e organizadas de forma própria. Ela se revela na interação do indivíduo com o seu meio ambiente e individualiza a maneira de pensar, de ser, de sentir e de agir de cada pessoa. A relação entre a personalidade e o meio ambiente é que a personalidade muda com a interação com o meio, fazendo com que cada indivíduo internalize a vivência.


5) Quais os problemas encontrados da avaliação da personalidade encontrados pelos psicólogos?

A complexidade dos indivíduos tem sido um dos principais problemas encontrados pelos psicólogos na avaliação da personalidade. A multiplicidade verbal reflete a multiplicidade de traços de personalidade observados e dificulta o trabalho do psicólogo em identificar um número operável de traços úteis para descrever o indivíduo e predizer seu comportamento. Além disso, os traços psicológicos assumem dimensões e relevância diferentes, dependendo da situação que o indivíduo vive em cada momento determinado. Cada indivíduo possui características diferentes, modo de agir, de pensar, etc, que não dá para ser avaliados e comparados com o de outros indivíduos.

Mas, em princípio, nada mais é do que a própria dinâmica da personalidade, que as tentativas de avaliação psicológica pretendam inutilmente aprender.

Os testes de personalidade não constituem meio mágico de revelar as complexidades da pessoa. São métodos de provocar comportamentos em situações mais ou menos controladas. O valor preditivo dos testes de personalidade depende, em grande parte, da validade da teoria que relaciona o comportamento no teste com o comportamento que se tenta prever.


6- Qual a relação existente entre personalidade e meio ambiente?

· Dinamismo
· Desenvolvimento Continuo
· Influência
· Interdependência


7- Explique o conceito de personalidade.

Personalidade é um conjunto de características psicológicas que se modificam ao longo do tempo, resultado da interação com o meio, mas organizado de forma particular.


8- O que são barreiras situacionais, interpessoais e intrapessoais?

As situacionais são influencias provocadas pelo ambiente externo a situação e de forma não previstas; barreiras intrapessoais são provocados por fatores subjetivos e que não tem explicação lógica e as intrapessoais é originada das relações de conflito principalmente relacionado ao poder.


9- Quais os Problemas da avaliação da personalidade encontrados pelos psicólogos? 


· Impossibilidade de medir as características
· Multiplicidade de traços de personalidade
· Identificação dos traços uteis.


10- Qual a influência da estrutura organizacional sobre a personalidade de seus membros?

Dependendo das próprias características de personalidade de seus membros, pois os indivíduos comprometidos com o poder e o status conformam-se mais, pois os valores e motivos básicos levam ao conformismo a adaptação de seus sentimentos, pensamentos e ações as demandas do contexto social.

APOSTILAS ENEM 2017 EM PDF - DOWNLOAD GRÁTIS

A Apostila Enem 2017 é disponibilizada gratuitamente pelo Ministério da Educação (MEC) nas escolas do ensino médio da rede pública de ensino e no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os conteúdos estão separados de acordo com as disciplinas cobradas na prova: Linguagens e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.



SOBRE O ENEM

Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tornou-se ainda mais importante nos últimos anos, uma vez que mais de 90% das instituições de ensino superior públicas do país aderiram ao Sisu (Sistema de Seleção Unificada) como forma de ingresso dos alunos. Além disso, a adesão do Sisu por universidades de renome, como, por exemplo, USP (Universidade de São Paulo), UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), UNB (Universidade de Brasília), entre outras contribuem para o aumento de relevância do Enem.
Por isso, os alunos que desejam estudar em uma universidade pública devem se preparar intensivamente para o exame, pois devido esse aumento de relevância a prova do Enem está sendo considerada cada vez mais difícil pelos candidatos, mas segundo especialistas em educação, o aumento do número de candidatos devido sua importância, tornou o processo ainda mais seletivo, ou seja, para conquistar uma boa nota no Enem, é preciso estudar muito mais que há alguns anos atrás.
As notas de corte para cursos como Medicina, Direito e Engenharia são bastante altas nas principais universidades e apenas alguns candidatos conseguem atingir essas médias. Além do Sisu, como a nota do Enem também é possível concorrer bolsas de estudos em faculdades particulares pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) e financiamento estudantil através do FIES.

PREPARE-SE PARA O ENEM COM CONTEÚDO DE QUALIDADE. CONFIRA!



 CLIQUE AQUI PARA ACESSAR AS APOSTILAS

A favor da Redução da Maioridade Penal - A falta de maturidade ou a falta de oportunidade não constitui situação que autorize a pratica de infrações.

Os crimes ou contravenções praticados por adolescentes ou crianças são definidas como "atos infracionais" e seus praticantes como "infratores" ou, como preferem outros, de "adolescentes em conflito com a lei". As penalidades previstas são chamadas de "medidas socioeducativas" e se restringem apenas a adolescentes de 12 a 17 anos.
A questão da maioridade penal no Brasil é um grande desafio e que dificilmente poderá resolver de maneira isolada, o problema da criminalidade, não se resume na redução da maioridade penal envolve um conjunto de medidas sociais e de políticas públicas onde o Estado deverá ampliar a capacidade de fornecimento ao jovem às necessidades básicas como à educação, a cultura, o lazer além do preparo e qualificação desses jovens ao mercado de trabalho.
Aos institutos jurídicos que regulam o dia-a-dia dos Brasileiros é importante considerar que os sistemas de internação atualmente estão superlotados em todo o país e o número de crianças e adolescentes envolvidos no cometimento de crimes atualmente pode não ser tão alto, porém as ações desses jovens que cometem delitos evidencia que os mesmos não são tão imaturos e ingênuos, é certo que precisam de atenção especial como amparo da Família e do Estado. Porém se analisarmos do ponto de vista da responsabilidade penal aos dezesseis anos é possível questionar dois momentos. De uma parte, as leis castigam a traição e para prevenir um crime, faz com que nasçam cem.
A manuntençao da maioridade penal aos 18 anos no Brasil é defendida por meio de argumentos variados. Seus defensores acreditam que há uma imaturidade intrínseca ao adolescente menor de 18 anos, em geral, devido a formação de sua mente e valores morais. O adolescente muda de mentalidade constantemente, o que pode acabar recuperando-o. Que a reduaçao da maioridade penal não resolveria os problemas ligados à criminalidade e até poderia contribuir para agravá-los,  estimulando o crime organizado a recrutar jovens de uma faixa etária cada vez mais baixa.
Que todo menor de 18 anos deve ser protegido e tutelado pelo Estado, o qual deve zelar para que o adolescente, no futuro, não tenha sua vida adulta “manchada” por uma ficha criminal na adolescência.
Em 1940, o Brasil estipulou a maioridade em 18 anos. Antes disso, já foi 9 anos, já foi 14. Naquela época, os menores eram adolescentes abandonados que praticavam pequenos delitos. Não convinha punir esses menores como um adulto. Passaram-se 70 anos e hoje os menores não são mais os abandonados. O menor infrator, na sua maioria, é o adolescente que vem de família pobre, porém, não miserável. Tem casa, comida, educação, mas vai em busca de bens que deem reconhecimento a ele. As medidas do Estatuto da Criança e do Adolescente não intimidam. Eles praticam os atos infracionais, porque não são punidos na medida. A pena tem a função de intimidação, que a medida socioeducativa não tem. É importante saber que o crime não compensa, que haverá uma pena, uma punição.
A falta de maturidade ou a falta de oportunidade não constitui situação que autorize a pratica de infrações. A legislação não pode proteger condutas ilícitas e o cometimento de infrações por motivos financeiros constitui apenas mito, já que os adolescentes infratores envolvidos em atos graves normalmente não estão em situação de carência extrema.
Um menor de idade sabe que, em função de sua idade, poderá cometer quantos delitos puder, sabendo que terá uma pena branda e que ao completar 18 anos terá ficha limpa.
Independente de sua idade um adolescente de 14 anos ja tem capacidade o suficiente para dicernir o certo do errado e com essa idade já são capazes de cometer atrocidades. Contudo, ao completarem 18 anos voltam como cidadão com ficha limpa como se nada tivesse acontecido. E como ficam as famílias que sofreram e sofrem até hoje pelas atrocidades desse “menor infrator”?
Afinal, são capazes de matar, roubar, estuprar, fazem coisas que vão além da imaginação. Esses menores merecem sim uma punição mais severa como à aplicada aos adultos pois se são capazes de cometerem tamanhas atrocidades eles são capazes de responder pelos seus atos.
O caput do artigo 5º da Constituição assegura a proteção do direito à vida. A vida humana é o centro gravitacional em torno do qual orbita todos os direitos da pessoa humana, possuindo reflexos jurídicos, políticos, econômicos, morais e religiosos. Daí existir uma dificuldade em conceituar o vocábulo vida. Logo, tudo aquilo que uma pessoa possui deixa de ter valor ou sentido se ela perde a vida. Sendo assim, a vida é o bem principal de qualquer pessoa, é o primeiro valor moral inerente a todos os seres humanos.
Quem tira uma vida não pode voltar a sociedade como um cidadão de ficha limpa como se nada tivesse acontecido, deve carregar esse crime pelo resto da vida. Afinal, a família da vítima também carregará e mesmo que o perdoe, crime algum deverá ficar impune, pois, a criminalidade existe em consequência da impunidade.
Então não adianta um estatuto que protege o adolescente sem uma lei para puni-los.

O direito da criança e do adolescente em questão devem ser respeitados assim como o direito à vida que todos temos.